Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Julgarão na Argentina médicos da ditadura militar

Havana, 15 de setembro (RHC).- Pela primeira vez, serão processados na Argentina médicos que fizeram partos de detidas em centros clandestinos de repressão durante a ditadura militar nesse país, de 1976 a 1983. As mães entraram na lista de desaparecidos e seus filhos foram sequestrados para adoção ilegal.
 
Um tribunal federal abrirá na quarta-feira o julgamento dos médicos Norberto Bianco e Raúl Martin, e da obstetra Luisa Aroche. Eles trabalhavam na maternidade clandestina instalada no Hospital Militar de Campo de Maio, em Buenos Aires.
 
O jornal “Página 12” recordou que o mesmo tribunal, há dois anos, determinou que o roubo de bebês filhos de mulheres sequestradas pelos órgãos de repressão foi uma prática sistemática e generalizada do terrorismo de Estado da ditadura argentina. Os integrantes da cúpula militar daquela época foram condenados por esse crime.
Editado por Juan Leandro
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

4105655

  • maxima: 19729
  • yesterday: 3914
  • today: 1545
  • online: 181
  • total: 4105655